O Altar do Holocausto do Tabernáculo – John Ritchie

7
Rate this post



ATENÇÃO!
Gostaria de esclarecer que não estamos ligados a nenhuma denominação ou organização religiosa no Brasil ou no Exterior. Não temos em nosso meio os clérigos e os leigos: Um pastor, um padre, um bispo, etc. Tão pouco nos denominamos “Irmãos Unidos”, “Os Irmãos”, “Irmãos Abertos”, “Irmãos Fechados”, etc. Nos reunimos somente ao nome do Senhor Jesus fora do sistema denominacional, sem templos religiosos, líderes religiosos, sacerdotes, e não cobramos dízimos ou coisas semelhantes. As ideias aqui não são originalmente nossas, mas são frutos do que temos aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos reunidos ao nome do Senhor Jesus em todo o mundo e também com autores de outras épocas que se reuniam assim.

ALGUMAS VERDADES FUNDAMENTAIS EM QUE CREMOS
1 – A Bíblia Sagrada é a Palavra de Deus, inspirada verbalmente, infalível, única fonte de revelação e autoridade divinas, em particular o Novo Testamento, desde Mateus a Apocalipse, contém doutrina para a Igreja dos nossos dias.
2 – Há um só Deus, eternamente existente em três Pessoas distintas: o Pai, o Filho (Jesus Cristo) e o Espírito Santo.
3 – A encarnação do Filho de Deus (o Verbo) foi real; a Sua concepção sem pecado e o Seu nascimento de Maria virgem.
4 – A divindade do nosso Senhor Jesus Cristo é plena como a Sua humanidade, sendo por isso, verdadeiramente Deus e verdadeiramente Homem em uma mesma Pessoa.
5 – Jesus viveu uma vida isenta de pecado, nunca falhou e sempre obedeceu ao Pai.
6 – Os milagres que Jesus fez eram autênticos e provaram o Seu poder, o Seu Amor e que Ele era o Messias prometido.
7 – A morte do Senhor Jesus tem efeito vicário, expiatório, eterno, universal e abrangente desde Adão até ao último ser humano, pelo sangue que derramou, tendo sido apenas com esse propósito final que o Senhor Jesus veio ao mundo.
8 – A ressurreição do Senhor Jesus foi corporal, bem como a Sua ascensão ao Céu, onde está assentado à mão direita do Pai.
9 – A segunda Vinda do Senhor Jesus compreenderá duas fases: a primeira, em que Ele descerá do céu, ressuscitará os corpos dos que morreram em Cristo e arrebatará os crentes que estiverem vivos; depois, após o decurso de um período de Grande Tribulação, o Senhor Jesus virá pessoal e visivelmente, com poder e glória, para estabelecer o Seu Reino Milenial na Terra. Nos Seus Eternos propósitos, o reino físico do Senhor Jesus só poderia e terá lugar nos tempos da restauração de tudo, ou seja, após a Grande Tribulação.
10 – O Espírito Santo é o único representante (Vigário) de Cristo na Terra. Ele convence o pecador da sua situação de perdição, do pecado, da justiça e do juízo. Habita no verdadeiro crente em Cristo, ensina-o e consola-o.
11 – Todo o homem é pecador e está, por natureza, separado de Deus a caminho do Inferno, carecendo por isso de Salvação.
12 – A salvação é um dom de Deus, por isso, é gratuita, obtida unicamente mediante a fé no Senhor Jesus Cristo e tem carácter eterno e total. Nunca ninguém, desde Adão, foi, é ou poderá ser salvo por qualquer outro meio, seja ele, obras, batismo, ritos ou obediência à lei.
13 – O batismo por imersão é um mandamento do Senhor, exclusivamente para o crente salvo pela fé no Seu Sangue, e como todos os mandamentos, deve ser obedecido. É interdito aos incrédulos e às crianças sem consciência das realidades espirituais.
14 – A Ceia do Senhor é a reunião de adoração por excelência comemorada a todo o primeiro dia da semana (domingo), instituída pelo Próprio Senhor e é realizada em memória da Sua morte expiatória na cruz. Nela devem e só podem participar todos os crentes batizados e em plena comunhão com todos os Irmãos.
15 – O crente salvo tem comunhão com Deus pela oração, através da mediação exclusiva do Senhor Jesus, recebendo, assim, o perdão dos pecados que Lhe confessar e a resposta às petições que lhe fizer.
16 – Todos os verdadeiros crentes, salvos pela fé em Cristo, formam uma unidade indivisível, a Igreja, ou Corpo de Cristo, [que teve origem no dia de Pentecostes, com o batismo do Espírito Santo], independentemente da congregação a que pertençam ou do lugar onde se reúnam.
17 – O Homem, após a morte, não tem qualquer oportunidade de arrependimento para salvação e só dois lugares possíveis o esperam: O Céu – se morreu salvo, ou o Inferno (Lago de Fogo) – se morreu sem Cristo.
18 – Todos os homens ressuscitarão: os salvos para a Vida eterna e os perdidos para a condenação eterna.
19 – Satanás, o Diabo, é uma pessoa e não uma mera qualidade do mal, estando destinado a ser lançado no Lago de Fogo e de enxofre.
======
Conheça Nosso:
Nosso Site:
Nosso E-mail: [email protected]
Nosso Canal no You Tube:

O Altar do Holocausto do Tabernáculo – John Ritchie

Veja mais artigos sobre outros Entretenimento
:https://laidleyview.com/entretenimento

Fonte do artigo
:https://laidleyview.com/

7 Comments

  1. João Paulo Dos Santos · Edit

    Dúvida: em relação ao capítulo 1 de Levitico fala ou dá a entender que a própria pessoa impunham as mãos sobre o animal no oferecimento ao sacrifício, e logo o imolava é então entregava aos sacerdotes para continuações cerimônia, pergunta isso procede? E se, então pessoas "comuns " tinham acesso até o altar do sacrifício dentro do pátio?obrigado

    Reply
  2. phool makai veiga · Edit

    eu nao consigo encontra uma parte onde se coloca cada parte do sacrificio cada um num lugar espescifico do altar .se alguem poder a judar

    Reply
  3. Alison Antônio · Edit

    Boa noite!! Hoje nós dias atuais nós podemos fazer esses sacrifícios ao senhor nosso Deus??? Poderia me tirar essa dúvida??
    Muitíssimo lindo as explicações. Que Deus ó abençoe 🙏🙌

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *